ESTAÇÃO DE RADIOAMADOR - PU4-TAM - CARANGOLA -MG

ESTAÇÃO DE RADIOAMADOR -  PU4-TAM - CARANGOLA  -MG
PU4-TAM - MAGELA

Índices de propagação

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

NASA DIVULGA ANOMALIAS DE TEMPERATURA NA RÚSSIA

O verão de 2010 já entrou para a história da Federação Russa como o mais quente dos últimos 130 anos. Imagens do satélite Terra da agância espacial americana, a NASA, ajudam a compreender o calor recorde que o país tem enfrentado nas últimas semanas.

Foram registradas temperaturas bem acima do normal entre os dias 20 e 27 de julho de 2010.

Outros países da Ásia também estão sofrendo com chuvas torrênciais,  onde várias pessoas já morreram.

Se não tomarmos atitudes radicais na preservação do meio em que vivemos, veremos em breve, a extinção da raça humana e a destruição por total do mais belo planeta do sistema solar, o PLANETA AZUL CHAMADO TERRA !!!

PU4-TAM
PX4H-2657
Magela

ESTUDO INÉDITO USA SATÉLITE PARA CALCULAR VAZÃO DO RIO AMAZONAS

Um estudo norte-amaericano pronto para ser publicado na revista especializada "Remote Sensing of Environment", revela em dados numéricos a imensidão do Rio Amazonas. Com a ajuda de quatro satélites epaciais, três deles da agência espacial americana e um da Agência de Exploração Aeroespacial do Japão, foi possível calcular a cheia do principal rio da Bacia Amazônica.

De acordo com o estudo, e apenas um ano a cheia do Rio Amazonas equivale a 285 trilhões de litros de água. Na prática, daria para encher 114 milhões de piscinas olímpicas.
Apesar de parecer gigantesco, os pesquisadores dizem que esse número é considerado pequeno pois representa apenas 5% do total da vazão do rio, calculada em 209 mil metros cúbicos por segundo. Em outras palavras, a água que invade áreas ribeirinhas e deslocam centenas de familias anualmente é apenas um vigésimo do total de água que corre em seu leito.

Até a divulgação destes dados, o volume de água da cheia do Rio Amazonas era pouco conhecido. Com números mais concretos, os cientistas poderão calcular a diferença de altura do Rio Amazonas na época de ceheia e de vazante.

É evidente a importância desse ciclo para a fauna e flora da região, elém do rio constituir a opção de transporte mais viável do Amazonas. A maioria dos outros rios e canais que cortam a região sofre grande alteração pelo assoreamento.

É na Bacia Amazônica que estão os maiores rios brasileiros em vazão. Depois do Rio Amazonas, as maiores vazões são observadas nos rios Solimões, Madeira, Negro, Japurá, Tapajós, Purus, Xingu, Iça e Juruá.


PU4-TAM
PX4H-2657
Magela

LADRÕES DE ÁGUA

Denúncia de roubo de água doce na região Amazônica esquenta discussão sobre a existência de hidropirtaria no País.

Hidropirataria. O novo termo, que serve para caracterizar o roubo de água, vem ganhando destaque no Brasil.

Segundo alguns ambientalistas, navios estrangeiros com capacidade de transportar 250 mil metros cúbicos(ou 250 milhões de litros) estariam captando água na foz do Rio Amazônas e levando-a para abastecer lugares onde o líquido já é escasso, como Israel e países do Oriente Médio. O assunto foi discutido em audiência pública na Câmara dos Deputados no dia 22 do mês passado, na qual dirigentes da Agência Nacional de Águas(ANA), da Polícia Federal e da Marinha negaram que esse tipo de crime ocorra no País.

É meus amigos, durmam com esse barulho. Mais uma "pedra" no nosso sapato, todo mundo está de olho grande em nossa Amazônia.

PU4-TAM
PX4H-2657
Magela

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

TEMPESTADE GEOMAGNÉTICA ATINGE A TERRA

Como esperado, uma grande ejeção de massa coronal ocorrida no início deste mês atingiu o campo magnético da Terra, produzindo forte tempestade geomagnética sobre a região polar norte. Como ocorreram duas erupções solares, novos impactos estão previstos dentro das próximas 48 horas.

O impácto das partículas carregadas ocorreu às 14:30 horas de terça-feira e de acordo com dados registrados por magnetômetros instalados nos EUA e Canadá atingiu a marca de 6 do índice KP que vai até 9. Esse índice é considerado de forte intensidade e pode provocar blackouts de radiopropagação e interferências em dados de GPS e balizadas de radionavegação. Índices KP superiores a 6 já passam a representar riscos de distúrbios em equipamentos eletrônicos e distribuição de energia eletrica.

PU4-TAM
PX4H-2657
Magela